Entenda a importância de um planejamento mensal e confira 11 dicas para colocá-lo em prática

[Rodrigo]_NOV_24_25_Artigo-Blog-B_01

Saber como fazer um bom planejamento mensal é necessário se você quiser tornar a sua rotina mais produtiva e equilibrada, além de ser fundamental para alcançar os seus objetivos de longo prazo.

A maioria das pessoas que faz algum tipo de planejamento costuma focar apenas nos planos semanais ou diários, deixando de lado o olhar para os meses. Isso acontece porque os planejamentos de curto prazo são mais simples de fazer por possibilitarem mais clareza. 

Para chegar ao ponto de fazer um planejamento mensal eficaz, é necessário ter um nível de consciência maior. No Método Produtividade Consciente, que desenvolvi e aplico há anos, esse plano é a última etapa para determinar uma cadência de longo prazo.

Neste artigo, explico com detalhes tudo o que você precisa saber sobre como planejar os seus meses. Que tal pegar uma água ou um café e mergulhar comigo nesse aprendizado? 

O que é um planejamento mensal?

Um planejamento mensal pode ser definido como uma lista de metas que você deseja atingir em um determinado mês.

Para garantir a sua eficácia, é recomendado que na última semana de cada mês sejam planejados os próximos 30 dias. Essa é a melhor maneira de manter a consistência em um planejamento de longo prazo, afinal, o mês é uma forma inteligente e estratégica de garantir a cadência ano após ano.

Para conseguir colocar esse formato de planejamento em prática, o mais recomendado é começar com o básico, por meio de planos diários e semanais para, então, evoluir para o mensal. Se for bem executado, seguindo uma metodologia simples e comprovada, tenha certeza de que a cada mês você estará dando novos passos em direção aos seus objetivos maiores.

Por que o planejamento mensal é importante?

Sem o planejamento mensal você perde a visão de longo prazo. Vamos entender a partir de um exemplo prático?

Suponha que um dos seus objetivos para os próximos dois anos seja correr uma maratona. Para concretizá-lo, é o mês a mês que vai te ajudar a chegar lá, afinal, não é do dia para a noite que você vai conquistar esse sonho, certo?

A cada mês, é necessário estabelecer as metas que devem ser realizadas para, aos pouquinhos, chegar mais perto da maratona. Portanto, o plano mensal garante cadência, permitindo que você evolua para realizar os seus objetivos.

Foi assim que eu corri a minha primeira meia maratona há alguns anos, escrevi o meu primeiro livro no ano passado e conquistei uma vaga de trabalho aqui nos Estados Unidos. Ou seja, vale para qualquer objetivo que você tenha, seja pessoal ou profissional.

Logo, um planejamento bem executado é muito importante para te dar maior clareza sobre o caminho que você precisa percorrer para chegar onde você deseja e como priorizar e organizar o que precisa ser feito a cada mês.

Como fazer um bom planejamento mensal para atingir objetivos de longo prazo?

Um planejamento mensal precisa estar baseado em um plano de vida, que se trata de um planejamento de longo prazo, considerando mais do que somente a ótica anual. Portanto, para garantir coerência no plano mensal, é necessário que o mesmo esteja ancorado em algo maior.

No plano de vida do Método Produtividade Consciente, são definidas 5 áreas prioritárias e, a partir disso, metas para cada uma delas. É esse formato de planejamento que engloba grandes metas que, posteriormente, alimentam as pequenas metas do plano mensal.

Novamente, vamos conferir um exemplo para ficar mais claro?

Vamos supor que dentro da área prioritária “Dinheiro”, você tenha uma meta de guardar 12 mil reais no ano. Por mais que você queira guardar mil reais todo mês, na hora do planejamento é necessário considerar as sazonalidades, afinal, nem todo mês você vai conseguir guardar a mesma quantia. Ter esse olhar calibrado a partir de uma ótica mensal é transformador, pois deixa os meses mais leves e mais coerentes com suas flutuações.

Além disso, quando se tem clareza sobre quais são as 5 áreas prioritárias da sua vida, é possível garantir uma evolução homogênea a partir de um olhar que permite compreender qual deve ser o foco de cada mês para, assim, ir reequilibrando o que for necessário ao longo do caminho.

11 dicas fundamentais para um planejamento mensal eficaz

Agora que você entendeu o que é e a importância do planejamento mensal, vamos conferir algumas dicas práticas para torná-lo mais estratégico e eficiente?

1. Defina um foco para o mês

A visão de longo prazo, por meio do plano de vida, é fundamental para direcionar os planejamentos mensais, certo?

A partir disso, é preciso ter consciência de que cada mês terá um foco específico. Para isso, é preciso cultivar uma visão do todo a fim de conseguir definir as metas mais adequadas para os próximos 30 dias. 

Levando isso em consideração, também sempre recomendo que o planejamento mensal seja feito na última semana do mês anterior.

2. Anote os compromissos

Ao anotar os seus compromissos, você passa a ter uma visão mais ampla da sua agenda.

Assim, quando for executar o planejamento mensal, conseguirá definir as metas com mais clareza, levando em consideração o que já está marcado. 

Se, por exemplo, for um mês cheio de feriados, como Novembro, ou um mês com período de uma ou duas semanas de férias, como Dezembro, você já sabe que todas as tarefas do trabalho precisam ser alocadas nos dias restantes e, a partir disso, precisa ser realista em relação ao volume de atividades com o qual consegue se comprometer.

Percebe como ter essa visão é importante? E tudo começa com algo simples, que é anotar os seus compromissos!

3. Defina metas e prioridades

Isso não é novidade, afinal, no planejamento mensal todo mês devem ser definidas metas que nascem a partir do plano de vida.

Essa priorização é fundamental para evitar o impulso de querer fazer tudo em 30 dias e acabar se perdendo e sendo pouco produtivo.

4. Estabeleça prazos

Os prazos também são importantes, afinal, são necessários para evitar a procrastinação. 

Se você tende a empurrar as tarefas sempre para depois, procure definir prazos menores, pois isso pode te ajudar a não deixar tudo para o último minuto.

5. Organize suas equipes e delegue

O planejamento mensal é uma ferramenta que contribui não apenas para a sua própria organização, mas caso seja uma pessoa em cargo de liderança no trabalho, também impacta os resultados de todo o time.

Afinal, quanto mais claras estiverem as suas prioridades e metas do mês, mais fácil fica delegar as atividades para os membros da equipe. 

Além disso, ao planejar você consegue eliminar algumas pequenas tarefas já nessa etapa, como enviar um e-mail ou marcar uma reunião, coisas simples que podem ser feitas em poucos minutos.

6. Escolha previamente os indicadores de resultados

Na minha metodologia, aplico o IPM (Índice de Produtividade Mensal) para quantificar a nota de produtividade dos mentorados no final de todo mês.

Isso é essencial, afinal, é impossível melhorar aquilo que você não consegue medir, concorda?. Ter clareza sobre o seu IPM é importante para começar o próximo mês com clareza sobre para onde você está indo e o que precisa aprimorar. 

7. Aproveite os recursos tecnológicos

Sou a favor de aplicativos e ferramentas que ajudam a impulsionar a produtividade, porém, antes de utilizá-los é importante ter conhecimento sobre qual é a metodologia que você vai aplicar nos seus planejamentos.

Lembre-se de que as ferramentas só ajudam de verdade se houver um método por trás, caso contrário, podem acabar atrapalhando a produtividade e organização.

8. Conheça os pontos a melhorar

Todos os meses é importante analisar os seus resultados para, assim, entender o que é necessário melhorar.

Sem essa clareza, pode ser que você continue sempre cometendo os mesmos erros, afinal, não tem consciência sobre o que deve ser aprimorado nos próximos planejamentos mensais.

9. Crie recompensas

As recompensas são uma ótima estratégia de motivação. 

Muitas vezes, percebo que os meus mentorados se sentem mais motivados e energizados para cumprir as metas estabelecidas quando sabem que, no final do mês, se atingirem um determinado IPM, receberão uma recompensa.

Vale considerar essa técnica, que tende a ajudar principalmente quem tem grandes tendências à procrastinação.

10. Equilibre vida pessoal e profissional no planejamento mensal

Um erro ainda muito comum é considerar apenas tarefas e compromissos de âmbito profissional no planejamento mensal.

Não faça isso!

Lembre-se de que você é um ser humano único e indivisível, que precisa lidar com as responsabilidades de esfera pessoal e profissional ao mesmo tempo e, por isso, o seu planejamento deve levar ambos em consideração.

11. Mantenha seu planejamento sempre à vista para não perder o foco

Nada de engavetar o planejamento e olhar apenas no final do mês.

Uma dica muito simples e valiosa é deixá-lo em um local onde seja possível visualizá-lo diariamente, até mesmo para fazer as adaptações necessárias de acordo com os imprevistos da rotina.

Por isso, gosto muito de utilizar o Método One Page, em que escrevo o meu planejamento em apenas uma página. Essa é uma estratégia simples para torná-lo muito mais acessível e visível ao longo do mês.

No dia a dia, ter o plano mensal à vista é fundamental até mesmo para fazer filtros e escolhas mais direcionadas, afinal, é a partir dele que sei quais são as prioridades do mês.

Faça parte da “Comunidade Rotina Produtiva”

Agora que você já tem clareza sobre a importância do planejamento mensal para garantir uma rotina mais organizada e equilibrada, que tal participar da Comunidade Rotina Produtiva?

Este é o lugar ideal para quem está sempre com a agenda lotada e a sensação de que as 24 horas do dia não são o suficiente para dar conta de tudo. 

A comunidade é um ambiente de troca e acesso à informação para que, por meio do “Método Produtividade Consciente”, você comece a reconhecer e estabelecer prioridades a fim de equilibrar as suas responsabilidades cotidianas.

Ao fazer parte, você tem acesso a um grupo de WhatsApp liderado por mim e pela minha equipe, um espaço seguro em que cada membro tem a oportunidade de compartilhar experiências e desafios, além de celebrar vitórias e se inspirar na história de outros colegas.

A ideia é que, juntos, com muito método e foco, possamos avançar em busca de uma rotina mais produtiva e mais qualidade de vida. Clique aqui e saiba mais!