Aprenda a escolher o mentor adequado para as suas necessidades

[Rodrigo]-ABR-Banner-Blog-A-1

Em um mundo com tanto conhecimento disponível na palma da mão, o que faz uma pessoa escolher um mentor para se desenvolver, seja no âmbito pessoal ou no profissional?

Este deve ser o questionamento de muita gente, pois na era digital em que vivemos há vários cursos, artigos e palestras online, inclusive disponíveis gratuitamente. No entanto, apesar de cada forma de ensino ter o seu valor, sei por experiência própria — como mentor e como mentorado de diversos mentores — que um processo de mentoria oferece particularidades e diferenciais muito mais específicos.

Se você nunca pensou em ter um mentor, está no lugar certo. E, se já pensou, mas não sabe por onde começar essa busca, também está no lugar certo.

Neste artigo, vamos explorar, entre outros aspectos, como você se beneficia ao contar com um profissional desse tipo te apoiando no seu desenvolvimento. Então, pegue uma água, um café ou um chá, tire os sapatos, e continue a leitura!

O que é um mentor?

Para uma mentoria acontecer, são necessários três ingredientes:

  • Uma pessoa disposta a ensinar (mentor);
  • Uma pessoa disposta a aprender (mentorado);
  • Um gap de conhecimento entre elas.

Portanto, o mentor deve estar alguns passos à frente do mentorado para ser capaz de contribuir para o seu desenvolvimento em determinada área de conhecimento.

Por exemplo: eu já publiquei um livro. Você concorda que eu estou alguns passos à frente de alguém que nunca publicou um livro e poderia ajudar essa pessoa na sua primeira publicação? Neste caso, eu seria o mentor.

Outro exemplo: eu nunca viajei para a China. você concorda que alguém que já viajou para a China, nem que tenha sido apenas uma vez, poderia compartilhar conhecimento comigo a respeito de uma viagem para a China? Neste caso, eu seria o mentorado.

Ou seja, uma mentoria nada mais é do que um espaço seguro e propício para o fluxo de conhecimento.

Se o seu objetivo é aprimorar habilidades de negociação, por exemplo, o ideal é procurar por um mentor com essa skill muito bem desenvolvida, ou alguns passos à sua frente, independentemente da idade e experiência de mercado em outras frentes.

Inclusive, um mentor se assemelha bastante a um professor, com a diferença de que ele precisa ter experiência prática naquilo que está ensinando. Não basta somente o conhecimento teórico, é essencial já ter colocado a mão na massa também.

Estamos falando sobre um profissional que oferece uma combinação entre prática e didática e está preparado para repassar o seu conhecimento com orientações pautadas em vivências e desafios reais.

Por que ter um mentor é importante para o seu sucesso profissional e também para a sua vida pessoal?

Em 2021, fiz o meu primeiro processo de Mentoria como mentorado. De lá para cá já tive dezenas de mentores em várias áreas da minha vida, tanto no âmbito profissional quanto no pessoal.

Já fiz mentoria voltada para a minha carreira, com ênfase na construção do meu propósito. Já fiz mentoria para desenvolvimento das inteligências múltiplas, que tiveram impactos expressivos na minha postura como pai e como marido. E até mentoria para melhora no meu sotaque em inglês, que influenciaram tanto a minha vida pessoal quanto a profissional (já que vivo e trabalho nos Estados Unidos).

Com todas essas e outras mentorias que faço frequentemente, aprendi que um dos grandes diferenciais das boas mentorias é que você aprende com quem já vivenciou na prática o que você precisa desenvolver, ou seja, é uma possibilidade de ir muito além da teoria.

Um mentor, portanto, é capaz de acelerar o seu crescimento, fazendo com que você poupe tempo. Ou seja: aquilo que você levaria dez anos para aprender e aprimorar, com o suporte de um mentor é possível aprender e executar em bem menos tempo. Consegue entender o valor disso?

Mas lembre-se: a mentoria não oferece atalhos e nem torna a jornada menos desafiadora. Estamos falando sobre uma forma de acelerar o processo. O caminho é sempre o mesmo, porém, você vai conseguir chegar mais rápido ao seu destino final. E vamos combinar que isso é muito valioso para o seu crescimento pessoal e profissional, não é mesmo?

Como encontrar o mentor ideal para você?

Para que a mentoria seja vantajosa e agregue valor para o seu desenvolvimento, é importante saber escolher muito bem o seu mentor. Para isso, sugiro que leve em consideração os seguintes aspectos:

1. Clareza sobre o que você precisa

Antes de sair procurando mentores por aí, você deve realizar um processo de autoconhecimento para entender quais habilidades deseja desenvolver e quais objetivos e metas pretende atingir, ou seja, onde você deseja chegar.

Assim, pode ter certeza de que terá muito mais direcionamento para escolher um profissional capaz de atender às suas necessidades.

2. Alinhamento entre perfis

Existem muitos perfis de profissionais disponíveis no mercado e nem todos são atrativos para você. Isso é completamente normal e esperado.

Para escolher o mentor ideal, uma das principais recomendações é analisar se há alinhamento de valores entre vocês. Além disso, é necessário se identificar com o mentor, a sua postura, linguagem e forma de trabalhar, caso contrário, o processo não irá fluir conforme o desejado.

3. Adaptação do método para as suas particularidades

Por fim, é de extrema importância que o mentor escolhido esteja capacitado para adaptar a metodologia para a realidade do mentorado, afinal, cada pessoa tem as suas particularidades.

O método é muito valioso justamente para que o mentor consiga enxergar as necessidades individuais do mentorado. 

Como maximizar os benefícios do relacionamento com o seu mentor?

Para aprender o máximo possível em uma mentoria, a dica que costumo dar é que os mentorados busquem formas de se aproximar o máximo possível de seus mentores. Independente de o processo de mentoria ser individual ou em grupo, quem precisa buscar essa proximidade com o mentor é você.

Posso dizer por experiência própria que os mentorados que costumam alcançar os melhores resultados nas minhas mentorias são aqueles que estão “colados” em mim. Pensando sobre isso, cheguei a uma comparação interessante:

  • Quem participa da Mentoria VIP é como se estivesse em um carro comigo, ou seja, estamos bem próximos;
  • Quem participa do Vida Produtiva está em um ônibus, ainda em contato, mas não tanto como na Mentoria VIP;
  • Quem participa da Comunidade Rotina Produtiva está em um trem comigo e, portanto, o nível de proximidade é um pouco menor.

Isso significa que as pessoas da Comunidade Rotina Produtiva não aprendem nada? De jeito nenhum, mas com certeza há uma diferença em termos de nível de contato e acompanhamento que eu tenho com os mentorados em cada formato. E isso é algo que, naturalmente, impacta o resultado final. 

Quem deseja um acompanhamento mais próximo precisa participar da Mentoria VIP que, como o próprio nome já diz, é um processo premium e mais exclusivo.

Confira a história de transformação de uma mentorada

Para mim, é uma grande satisfação ser mentor de tantas pessoas que desejam aprimorar as suas habilidades de gestão de tempo e produtividade para alcançar maior equilíbrio de vida.

Seja na Mentoria VIP, no Vida Produtiva ou na Comunidade Rotina Produtiva, já tive a oportunidade de me conectar com gente do mundo todo, com desafios muito diversos. 

Para conferir na prática essa transformação, compartilho com vocês um vídeo com um depoimento de uma mentorada:

Quer fazer parte desse time? 

Convido você para preencher o formulário de aplicação da Mentoria VIP, o processo mais premium que ofereço para quem quer construir um Plano de Vida e colocar o Equilíbrio como valor fundamental da sua jornada, e ainda desenvolver habilidades de gestão de tempo, planejamento e produtividade a fim de transformar a sua carreira e os seus negócios sem comprometer a sua família, a sua saúde e o seu lazer. 

Bora lá fazer a mudança acontecer? Preencha o formulário de aplicação para a Mentoria VIP, agora!